Weby shortcut
logo
imagem do grupo

Grupo de estudo: Psicanálise e contemporaneidade; tempo, experiência e sofrimento psíquico

Por André Barcellos Carlos de Souza. Criada em 24/04/19 09:49.

quinzenalmente às segundas-feiras
das 19:30 às 21:00

Coordenado pelas professoras Renata Leite Soares e Leilyane Oliveira Araujo Masson.

 

RESUMO:
A articulação entre tempo e experiência propicia um resgate e um recorte importante dos fundamentos psicanalíticos necessários à definição do que seja o sofrimento psíquico a partir de Freud. Além disso, a construção dessa temática a partir dos textos freudianos produz articulações importantes com o conceito de mal-estar, trauma, luto, melancolia, elaboração e transmissão na história da psicanálise. Estas vinculações, constituíram-se elaborações necessárias para a compreensão das configurações do sofrimento psíquico na modernidade desde os fins do século XIX e seguem férteis em sua potencialidade de recolocar em questão a necessidade de compreensão do passado para compreender suas (re) atualizações no presente. No intuito de desenvolver essas temáticas que recolocam em cena, em seus fundamentos, a relação entre o sujeito em suas configurações clínicas, sociais e políticas desde Freud, busca-se trabalhar textos freudianos que fundamentem essas temáticas, bem como textos de outros autores psicanalistas, filósofos, sociólogos, historiadores que problematizem essa questão também no âmbito da atualidade.

Categorias: notícias